Mais dicas sobre volta às aulas

Padrão

escola2

Olá!!
estou de volta para dar mais algumas dicas, já que muitas mães me mandaram e-mails relatando o quanto está difícil deixar seus pequenos chorando na creche ou na escola.

Não é para menos! é super normal que as mamães fiquem apreensivas e cheia de dúvidas, principalmente aquelas que estão vivendo a fase de adaptação dos pequenos! Não sou uma mestre no assunto, mas recomendo aos pais que na ocasião do primeiro contato com a escola e sua equipe façam todas as perguntas que julguem pertinentes para que se identifiquem e se sintam seguros com a proposta da escola. Quando há identificação com a filosofia da escola, os pais naturalmente se sentem muito mais confiantes e otimistas com o processo de adaptação.

Eu, por exemplo, prefiro creches menores, com poucos alunos na sala etc. Gosto deste contato direto entre pais, diretores, professores e crianças. É muito bom sentir que nossos filhos são conhecidos por todos na escolinha, só isso, já me dá uma sensação de conforto e confiança.

Outra coisa…Antes das aulas começarem, converse bastante com seu filho/filha sobre a escola, o uniforme, sobre os amigos que virão a ter e sobre que tipos de atividades serão realizadas, tais como pintar, colar, desenhar…. É muito positivo ressaltar que será um lugar novo, cheio de brincadeiras e novos amigos. Outro ponto importante é não incluir nenhuma outra alteração na rotina, ou seja, nada de largar a fralda ou a chupeta nesse mesmo período. Aqui em casa, começamos o desfralde bem antes das aulas começarem portanto, a creche apenas está nos ajudando a continuar com este processo. Além disso, se a criança insistir em levar um brinquedo ou uma fralda de tecido não se oponha, nem a impeça. Este objeto é chamado de “objeto transicional” e transmite segurança e conforto ajudando a criança a lidar com a ausência da mãe.

Para muitas crianças, os primeiros dias podem ser muito difíceis e é fundamental que os pais tenham paciência e consigam controlar a sua ansiedade e apreensão neste momento. Os pais estão ali para dar conforto e segurança, mas nunca devem interferir no andamento da aula, já que esta será a nova dinâmica da vida da criança desse momento em diante. Vale até mesmo controlar as “espiadas” e os “tchauzinhos” para que a presença dos pais interfira o mínimo possível.

Outro fato bastante comum que surpreende muitos pais é quando a criança começa a mostrar resistência após alguns dias de adaptação. Isto normalmente acontece quando a sensação de novidade passa e eles descobrem que regras existem e farão parte dessa nova rotina diária. Continue firme enaltecendo os aspectos positivos como as brincadeiras e os novos amigos.

Mais uma dica muito pessoal refere-se à pontualidade. Esta é de extrema importância tanto para a chegada da criança na escola como na saída. A criança deve chegar no horário para que os momentos iniciais (normalmente caracterizados pela interação do grupo) sejam usufruídos por todos os alunos da melhor forma. Já na saída, muitos deles sentem-se inseguros enquanto o pai, a mãe ou o responsável não chegam. Portanto, especialmente nos primeiros dias, tentem se planejar para estarem na escola uns minutinhos antes da saída. Isto trará tranquilidade e um sorriso lindo no rosto do seu pequeno/pequena.

Aproveitem bastante esse momento riquíssimo na vida de seus filhos. A educação não é só um direito da criança, é também um presente para um caminho muito especial. É através desta trilha que eles crescerão e se tornarão cidadãos capazes e preparados para fazerem a diferença no nosso mundo. Que o caminho deles seja repleto de muita criatividade, alegria e conhecimento!

Anúncios

Sobre Mães de Plantão

Sou jornalista de formação, blogueira por paixão, esposa e full time mom de uma belíssima dupla: Henrique e Joaquim; uma mamãe ocupada por opção e de coração! Mães de Plantão é um blog com conteúdo voltado especialmente para mães, gestantes ou ainda, apenas simpatizantes desse grande projeto de vida chamado “ter filhos”. Logo que me tornei mãe, surgiu a vontade de compartilhar dicas e informações que fossem úteis para outras mães, com opiniões colocadas de uma forma bem direta, leve, descontraída e acima de tudo, honesta. Todo o conteúdo é criado e selecionado com muito carinho antes de ser publicado porque sei o quanto ficamos felizes e aliviadas quando encontramos alguém para dividir os mesmos dilemas deste, imenso,universo infantil.. Este blog serve para ajudar as mães de primeira viagem que assim como eu, sonharam por este momento único em suas vidas e querem dar o melhor de sí para este novo ser, que de alguma forma nos torna uma pessoa melhor a cada dia. Tornam sim, não por mágica. Tornam-nos melhores porque se não queremos que gritem não podemos gritar. Porque se não queremos que mintam não podemos mentir. Porque temos de cumprir o que prometemos se queremos que o façam algum dia. Aprendemos depressa que se queremos que não façam não podemos fazer. Sim, os filhos têm esse dom. O dom de nos obrigarem a pensar no que fazemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s