Brincando com o que tem em casa

Padrão

baby

Que tal mostrar para o seu filho que para brincar e se divertir não é preciso ter o brinquedo do momento, aquele que todos os amiguinhos da escola têm ou desejam?

Adivinhação pelo tato: com a criança de olhos vendados, os adultos vão apresentando objetos da casa para que ela adivinhe o que é. Valem itens de decoração da sala, vasilhas da cozinha, brinquedos da própria criança…As crianças aprendem por meio de experimentações, que são feitas a partir dos sentidos. Essa brincadeira pode ser adaptada para os outros sentidos também, como audição e olfato.

Brincando com potes: essa brincadeira é uma boa opção para as crianças que já sentam, mas ainda não andam. Abra seu armário da cozinha e pegue potes e vasilhas dos mais variados tamanhos, tomando cuidado para escolher itens que não quebrem nem tenham partes pequenas. Forre o chão com uma toalha ou tapete, disponha os objetos angariados e deixe a criança livre para experimentá-los. A farra vai ser empilhar, guardar um dentro do outro, tampar, destampar etc.

Varal de brincar: em uma altura confortável para a criança, o adulto pode amarrar a ponta de uma corda, ou tecido enrolado, na maçaneta da porta e a outra no pé da mesa e pendurar nela uma série de objetos, como colheres, sapatinhos da própria criança, meias de tecidos diferentes, entre outros. Os menores de dois anos vão se divertir ao explorar todos os materiais disponíveis.

Banda de rock: quem precisa de instrumentos de verdade quando se tem todos os utensílios da cozinha e da área de serviço a dispor? Com criatividade, panelas de diversos tamanhos viram tambores de bateria. Colheres se transformam em baquetas. Vassoura e rodo podem ser guitarra e baixo, e pegador de sorvete assume a função de microfone. Além de liberar os objetos, os adultos podem aumentar a diversão brincando junto.O melhor brinquedo é a presença (do adulto). É abstrair todo o trabalho, preocupação, pensamentos para ser criança por alguns momentos.

Anúncios

Sobre Mães de Plantão

Sou jornalista de formação, blogueira por paixão, esposa e full time mom de uma belíssima dupla: Henrique e Joaquim; uma mamãe ocupada por opção e de coração! Mães de Plantão é um blog com conteúdo voltado especialmente para mães, gestantes ou ainda, apenas simpatizantes desse grande projeto de vida chamado “ter filhos”. Logo que me tornei mãe, surgiu a vontade de compartilhar dicas e informações que fossem úteis para outras mães, com opiniões colocadas de uma forma bem direta, leve, descontraída e acima de tudo, honesta. Todo o conteúdo é criado e selecionado com muito carinho antes de ser publicado porque sei o quanto ficamos felizes e aliviadas quando encontramos alguém para dividir os mesmos dilemas deste, imenso,universo infantil.. Este blog serve para ajudar as mães de primeira viagem que assim como eu, sonharam por este momento único em suas vidas e querem dar o melhor de sí para este novo ser, que de alguma forma nos torna uma pessoa melhor a cada dia. Tornam sim, não por mágica. Tornam-nos melhores porque se não queremos que gritem não podemos gritar. Porque se não queremos que mintam não podemos mentir. Porque temos de cumprir o que prometemos se queremos que o façam algum dia. Aprendemos depressa que se queremos que não façam não podemos fazer. Sim, os filhos têm esse dom. O dom de nos obrigarem a pensar no que fazemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s