Furo na orelha

Furo na orelha

orelha

Aqui no Brasil, menina sem orelha furada é raridade, não furar acaba gerando perguntas e muitas vezes até algum constrangimento para os pais.

Pois bem, cada país ou cultura tem um costume diferente, nas Culturas Latinas, como a nossa, acabamos furando a orelha bem mais cedo, o uso de brinco em meninas é um símbolo tradicional de feminilidade, desde os primeiros dias de vida.

A Perfuração da orelha é uma tradição tão arraigada que alguns países como na Espanha e América Latina, é muito comum que a criança seja presenteada ao nascer com brincos de ouro, para que possa usar ao sair do hospital.

A Academia Americana de Pediatria diz que há pouco risco em qualquer idade, se o furo for realizado com cuidado e com todas as medidas adequadas de higiene.

Nos Estados Unidos, não é a prática usual furar um recém-nascido nos primeiros dias de vida.

Aqui no Brasil, as maternidades não permitem que o furo seja realizado antes da alta. Quem costuma furar após a alta é o próprio pediatra ou alguma enfermeira especializada no assunto.

Desta forma não há um melhor momento para furar, cada caso deve ser avaliado individualmente, levando em consideração o peso, prematuridade, icterícia, alguma lesão de pele na orelha, ou alguma doença da bebê.

Alguns pediatras costumam recomendar o furo após as primeiras doses das vacinas de 2 meses, acreditando que o bebê estará mais protegido.

Quanto à dor, algumas pessoas justificam o furo mais tardio acreditando que será menos doloroso para a criança.

A verdade é que dor será sempre a mesma, independente da idade, desta forma, pode-se usar algum anestésico local, na forma de pomada, como a EMLA.

Para evitar complicações após perfuração não retire os brincos por seis semanas.Durante esse tempo, limpe com um pouco de álcool em torno do lóbulo da orelha duas vezes por dia, e vire os brincos pelo menos uma vez por dia. Não pressione a orelha do seu bebê, isso pode ser doloroso.

Após cada banho, seque bem a área ao redor de cada perfuração para que não fique úmida.

FURO-D~1

Mantenha-se atento para qualquer sinal de infecção. Como dor a manipulação, secreção, vermelhidão, sangramento, febre ou inchaço.
Se qualquer um destes sinais aparecer avise o pediatra imediatamente.

Certifique-se sempre que os novos brincos sejam feitos de aço cirúrgico ou de ouro. Brincos feitos de outros materiais, podem desencadear uma reação alérgica. Prefira os brincos de bolinha, para que eles não se prendam na roupa, manta ou toalha de banho.

Anúncios

3 comentários sobre “Furo na orelha

  1. Parabéns ao Mães de plantão, pela publicação “Furo na orelha” que muito ajuda a esclarecer as duvidas das mamães de plantão que tem meninas e as mamães que estão gravidas de meninas, já que esse assunto é sempre frequente quando o bebe é uma princesinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s