Mala da Maternidade

Padrão

Já andam me perguntando, o que vou levar na minha e na mala, de maternidade, do Joaquim.Essa é uma dúvida muito comum para a maioria das gestantes. Sempre lí, que é aconselhável arrumar a mala da maternidade no máximo até a 36ª semana (ou antes), pois bem…já separei quase tudo que vou levar, só falta mesmo arrumar dentro da mala.

Coloquei as roupinhas do Joaquim, separadas por dia, em  saquinhos de tule próprios para isso. Ficam práticos, já que são transparentes, e bonitos.

Abaixo, o que vou colocar na malinha do Joaquim:

2 pacotes de fraldas descartáveis tamanho RN –  O Henrique nasceu com 4 Kg e usou por um bom tempo fraldas e roupas tamanho RN.Não dá para entender, porque tanta gente aconselha a não comprar nada RN ( até porque ele perdem peso na primeira semana). Com Henrique eu usei as fraldas da Turma da Mônica, mas com Joaquim vou usar as da Pampers. Na minha opinião, as da Turma da Mônica são menorzinhas, a Pampers porém é bem mais macia.

Dizem que não é aconselhável usar lenços umedecidos – quando eles ainda são recém nascidos. Para o Henrique eu levei algodão, daquele quadradinho.Desta vez, estou pensando em levar um pacote dos lenços umedecidos indicados para recém nascidos. (Ainda em dúvida)

Muita grávidas me perguntam se levei pomada para assaduras e sabonete líquido. Eu não levei porque o Henrique só foi ter assadura, pela primeira vez, com o nascimento do primeiro dente. Também não levei sabonete porque liguei antes, para a maternidade, e eles me informaram que não precisava levar. Mas é bom se informar antes!!! Em casa eu usei, e vou usar no Joaquim também,o sabonete líquido glicerinado Granado (sabonete muito bom para rn’s).

Vou levar também 1 alcool em gel pequeno p/ as mãos (as minhas – antes das trocas e tudo mais ). O bom mesmo é levar um alcool em gel para as visitas usarem, caso queiram pegar no bebê. O fato, é que muitas visitas não se dão conta de que isto é necessário e eu fico, super sem graça, de pedir para usar.

1 escova de cabelo (bem macia)

3 toalhas fralda, para forrar as 3 toalhas com capuz que também estou levando.

3 paninhos de boca

3 fraldas brancas (que servem pra tudo, literalmente)

3 cueiros (as maternidades pedem para enrolar o bebê.)

3 mantas( que vieram com as roupinhas de maternidade, combinando).

3 trocas de roupa, uma em cada saquinho.

3 luvinhas – todas de algodão

3 meias

Obs: Para o Henrique eu levei cotonete e alcool 70% para limpar o coto umbilical, em cada troca de fralda. Isso acelera bem o processo de cicatrização. Eu vou repetir com o Jaquim!!!

Na minha mala:

2 pijamas com abertura na frente, para poder amamentar com facilidade.

1 cinta pós parto

3 sutiãs de amamentação.

5 calcinhas pós parto (estilo da vovó mesmo:grandes e de algodão para evitar alergias).

2 pares de meias (para manter os pés quentinhos, claro)

1 chinelo de pano

1 par de havaianas para o banho

2 pacotes de absorventes pós parto

2 pacotes de absorvente para seios.

1 toalha de banho (na verdade não precisa, porque as maternidades fornecem. Só se você fizer questão de usar as suas próprias toalhas.)

1 toalha de rosto (idem acima.)

1 roupa para sair da maternidade

Lembrancinhas

Enfeite (Porta Maternidade)

Necessaire com itens de uso pessoal: shampoo, condicionador, sabonete líquido, desodorante, escova e pasta de dentes, fio dental, prendedores de cabelo, escova de cabeo, maquiagem básica.

Pasta com documentos, ecografias, exames de sangue etc.

Carteira (somente com RG, carteirinha do plano, um cartão e dinheiro para as vacinas que eles dão na maternidade e são cobradas).

Câmera e carregador

Celular e carregador

Eu ainda vou levar o tablet, uma agenda e caneta para anotar o horário das mamadas etc. e um livro.Mas a dica é:aproveite o tempo livre,para tentar dormir.

Espero ter ajudado!

 

 

Anúncios

Sobre Mães de Plantão

Sou jornalista de formação, blogueira por paixão, esposa e full time mom de uma belíssima dupla: Henrique e Joaquim; uma mamãe ocupada por opção e de coração! Mães de Plantão é um blog com conteúdo voltado especialmente para mães, gestantes ou ainda, apenas simpatizantes desse grande projeto de vida chamado “ter filhos”. Logo que me tornei mãe, surgiu a vontade de compartilhar dicas e informações que fossem úteis para outras mães, com opiniões colocadas de uma forma bem direta, leve, descontraída e acima de tudo, honesta. Todo o conteúdo é criado e selecionado com muito carinho antes de ser publicado porque sei o quanto ficamos felizes e aliviadas quando encontramos alguém para dividir os mesmos dilemas deste, imenso,universo infantil.. Este blog serve para ajudar as mães de primeira viagem que assim como eu, sonharam por este momento único em suas vidas e querem dar o melhor de sí para este novo ser, que de alguma forma nos torna uma pessoa melhor a cada dia. Tornam sim, não por mágica. Tornam-nos melhores porque se não queremos que gritem não podemos gritar. Porque se não queremos que mintam não podemos mentir. Porque temos de cumprir o que prometemos se queremos que o façam algum dia. Aprendemos depressa que se queremos que não façam não podemos fazer. Sim, os filhos têm esse dom. O dom de nos obrigarem a pensar no que fazemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s