As 10 maiores supresas da vida pós-bebê!

Padrão

surpresa1

Oi, meninas! No post de hoje falarei de como somos surpreendidas após o nascimento de um bebê! Por mais que a gente se prepare e leia mil coisas a respeito, não tem jeito: a vida como mãe (e pai) é surpreendente! É nova e completamente diferente da que tínhamos antes! Muito mais complicada, mas MUITO, MUITO mais bonita!

É claro que para cada um a surpresa será diferente… O site BabyCenter fez uma enquete com diversos pais e mães que resultou na lista das 10 maiores surpresas da vida pós-bebê. Confiram!

1) O relacionamento do casal muda

Antes da chegada do bebê vocês saíam bastante, faziam tudo juntos, estavam sempre namorando? Pois agora mal se falam se não for sobre o filho, vivem discutindo e a preocupação tomou conta da vida de vocês?
Mesmo que seu filho tenha sido planejado com todo o amor do mundo, a relação do casal pode ficar afetada com a chegada dele. Segundo o psicólogo Sam Jinich, para 66% dos casais estáveis, o índice de satisfação com o relacionamento cai no primeiro ano com o bebê.
Mas, a notícia boa é que, na grande maioria dos casais, isso volta! E o amor pode ficar maior ainda pela admiração que um terá pelo outro por serem bons pais!

2) Cadê o tempo? Sumiu!

Um banho demorado com direito a máscara para hidratar os cabelos??? Oi??? Quem tem tempo para isso?? Isso virou sinônimo de luxo! O período da licença maternidade passa num piscar de olhos e todas aquelas ambições de montar álbuns do nascimento e organizar os armários da casa foram por água abaixo!
Principalmente nos primeiros meses de vida do pequeno, todo tempo é dedicado às mamadas, às trocas de fraldas e tentando acalmá-lo das cólicas! O importante é saber que ele precisa disso e depende de você para tudo!! Depois dessa fase, tente organizar uma rotina para que consiga ter tempo para você também, que é fundamental!

3) Você muda de cara – e de corpo (tanto a mãe quanto o pai!)

Claro que logo após o nascimento do bebê você ainda terá vestígios visíveis da gravidez. O corpo não volta a ficar magro e malhado de uma hora para outra!! Não entre em pânico! O seu corpo pode ser o que era, se você quiser! E acredite, você sentirá falta da sua barriga de grávida!
Mas pais também mudam! Além do ganho de peso “solidário” durante a gravidez (que acontece bastante), o tempo para atividades físicas ficam menores depois que o bebê nasce.

4) Você entra para um clube superexclusivo

De uma hora para outra, estranhos sorriem para você e mulheres puxam papo na fila do supermercado. O chefe pergunta como anda a busca pela escolinha e você começa a conversar com os vizinhos do prédio. O bebê equivale a uma carteirinha de sócio para um clube superexclusivo, mas universal: o clube dos pais e mães.
É uma delícia sair de casa com bebês! Parece que você está exibindo um troféu de melhor do mundo (e está!)!!!

5) Você é mais forte do que imaginava

Você é mais forte do que imaginava por achar que não aguentaria levantar por várias madrugadas para dar de mamar. Você é mais forte do que imaginava por achar que não daria conta de cuidar do seu filho sozinha. Pode ser na hora do parto ou em qualquer outra ocasião com algum grau de dificuldade… Mas, de repente, você se vê aguentando as pontas, mesmo que fraqueje de vez em quando.

6) Você morde a língua e comete os “erros” que criticava

A gente até pode ter convicções sobre como criar uma criança. Só que aí chega a nossa e a gente percebe que ela é uma pessoinha de personalidade cheia de vontades que nem sempre se encaixam nas nossas “certezas”. Não sofra por mudar de opinião!Aquilo que era um “erro” de repente vira a única coisa que funciona para a família e você percebe que não há muito de certo ou errado nessa história de ter filhos.

7) Sua relação com os amigos muda

O afastamento em relação aos amigos que não têm filhos é inevitável, mas pode pegar você de surpresa. É difícil para uma pessoa solteira ficar ouvindo papos sobre o cocô do bebê ou se ele está mamando direito e você não vai ter como escapar dessa conversa, afinal seu novo universo gira em torno disso! Amizades fortes e verdadeiras sobrevivem depois do afastamento inicial. Ou, como na maioria das vezes, seus amigos entram nesse mundo também e tudo volta ao normal.
Tente manter seus amigos, arrume alguns minutos para ligar, mandar mensagens ou e-mails. Você tem um papel fundamental nisso!

8) Tem horas que você quer ficar sozinha

Ter um filho não significa viver num eterno comercial de margarina. Há um monte de tarefas chatas para fazer, existem as noites mal dormidas e as frustrações. Alguma hora você ficará cansada! E não há nada mais normal!!!! Não se culpe e não se sinta uma má mãe por isso!!! Estranho seria se você passasse três noites em claro e durante o dia estivesse linda, saltitante, bem humorada, simpática…

9) Você sente o maior amor do MUNDO

Todas as emoções adquirem um novo nível de profundidade. Tudo fica mais intenso. Assistir ao jornal que mostra problemas com crianças vira uma tortura. Ver o bebê dormir já traz lágrimas aos olhos. A saudade toma uma dimensão estranha: algumas horas longe do seu filho parecem uma semana! É um amor jamais sentido antes, nem você achava que fosse capaz de amar tanto alguém.

10) Você tem de se afastar da criança muito antes do que imagina

A cada nova conquista do seu filho, ele caminha para longe de você, na direção da independência. Talvez você se dê conta disso quando vir o bebê engatinhando para o outro lado da sala, sem olhar para trás. Ou quando o seu filho, com os passinhos recém-aprendidos, disparar em direção ao pipoqueiro… Ou ainda, quando a criança for maior e já não querer mais tantos abraços ou dizer “deixa que eu faço!”. Junto com o orgulho e a realização de ver seu filho crescendo, vem uma pontinha de melancolia.É uma tentação mantê-los sempre por perto, mas os filhos precisam caminhar com as próprias pernas. E, antes do que imagina, você vai começar a repetir aquilo que sempre ouve de pessoas mais velhas, no elevador, na rua: “Aproveita agora, porque o tempo passa voando…”

Anúncios

Sobre Mães de Plantão

Sou jornalista de formação, blogueira por paixão, esposa e full time mom de uma belíssima dupla: Henrique e Joaquim; uma mamãe ocupada por opção e de coração! Mães de Plantão é um blog com conteúdo voltado especialmente para mães, gestantes ou ainda, apenas simpatizantes desse grande projeto de vida chamado “ter filhos”. Logo que me tornei mãe, surgiu a vontade de compartilhar dicas e informações que fossem úteis para outras mães, com opiniões colocadas de uma forma bem direta, leve, descontraída e acima de tudo, honesta. Todo o conteúdo é criado e selecionado com muito carinho antes de ser publicado porque sei o quanto ficamos felizes e aliviadas quando encontramos alguém para dividir os mesmos dilemas deste, imenso,universo infantil.. Este blog serve para ajudar as mães de primeira viagem que assim como eu, sonharam por este momento único em suas vidas e querem dar o melhor de sí para este novo ser, que de alguma forma nos torna uma pessoa melhor a cada dia. Tornam sim, não por mágica. Tornam-nos melhores porque se não queremos que gritem não podemos gritar. Porque se não queremos que mintam não podemos mentir. Porque temos de cumprir o que prometemos se queremos que o façam algum dia. Aprendemos depressa que se queremos que não façam não podemos fazer. Sim, os filhos têm esse dom. O dom de nos obrigarem a pensar no que fazemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s