Primeiros dentinhos

Padrão

Quando o bebê está por volta dos sexto mês de vida, em geral, é o momento em que o primeiro dentinho do pequeno nasce. Mas não se preocupe se isso não acontecer exatamente no sexto mês, pois há variações individuais. O importante é estar sempre de olho no desenvolvimento da dentição e que até os três anos de idade ela esteja completa, o que significa 10 dentinhos de coloração leitosa no arco superior e outros 10 no arco inferior.

A alegria de ver o desenvolvimento dos dentinhos trás também certa preocupação à mamãe diante das dores que o bebê sente durante este processo. Para aliviar essas dores é recomendado fazer uma massagem gengival no pequeno, o material mais indicado para esse procedimento é a dedeira de silicone.

A massagem colabora com o rompimento da barreira gengival e deixa o bebê mais calmo. Se houver alguma irritação na gengiva ou se perceber que o bebê está com muita dor ou febre, procure um especialista para receber a orientação de qual é a medicação adequada.

O Henrique, com cinco meses, está colocando tudo na boca, fica irritado, está babando muito etc. O pediatra falou que é nesta fase mesmo que começa o desconforto. O remédio Camomilina C é excelente; ele ficou bem mais calmo.

Anúncios

Sobre Mães de Plantão

Sou jornalista de formação, blogueira por paixão, esposa e full time mom de uma belíssima dupla: Henrique e Joaquim; uma mamãe ocupada por opção e de coração! Mães de Plantão é um blog com conteúdo voltado especialmente para mães, gestantes ou ainda, apenas simpatizantes desse grande projeto de vida chamado “ter filhos”. Logo que me tornei mãe, surgiu a vontade de compartilhar dicas e informações que fossem úteis para outras mães, com opiniões colocadas de uma forma bem direta, leve, descontraída e acima de tudo, honesta. Todo o conteúdo é criado e selecionado com muito carinho antes de ser publicado porque sei o quanto ficamos felizes e aliviadas quando encontramos alguém para dividir os mesmos dilemas deste, imenso,universo infantil.. Este blog serve para ajudar as mães de primeira viagem que assim como eu, sonharam por este momento único em suas vidas e querem dar o melhor de sí para este novo ser, que de alguma forma nos torna uma pessoa melhor a cada dia. Tornam sim, não por mágica. Tornam-nos melhores porque se não queremos que gritem não podemos gritar. Porque se não queremos que mintam não podemos mentir. Porque temos de cumprir o que prometemos se queremos que o façam algum dia. Aprendemos depressa que se queremos que não façam não podemos fazer. Sim, os filhos têm esse dom. O dom de nos obrigarem a pensar no que fazemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s