Menos de 10% aderem ao Empresa Cidadã

Menos de 10% aderem ao Empresa Cidadã

No fim de janeiro de 2012, o Programa Empresa Cidadã completou dois anos. Por meio dele, empresas que declaram imposto de renda por meio de lucro real poderiam se inscrever para possibilitar às funcionárias a ampliação da licença-maternidade de quatro para seis meses. Dados da Receita Federal mostraram que, até o dia 13 de fevereiro, 15.735 organizações haviam aderido ao programa. Este número corresponde a menos de 10% do total de empresas que têm a chance de fazer esta opção. Quando uma corporação se inscreve no Empresa Cidadã, as funcionárias grávidas passam a ter o direito de escolher entre os 120 dias obrigatórios ou os 180(seis meses). Os valores desses 60 dias a mais são pagos pela empresa- e não pelo INSS como no caso da licença-maternidade obrigatória-e, depois, restituídos como desconto no imposto de renda a ser pago no ano seguinte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s